Sorrir

by 19:10 1 comentários
Quase sempre,em minha vida de errante, fiz a mesma pergunta a mim mesma: "e se hoje fosse o fim? E se não houvesse um amanhã?". Teria eu vivido o suficiente,sido boa o bastante,para alcançar o tão sonhado paraíso? Ou teria eu sido uma pessoa má,de péssima conduta? Reflito,vou para um lado,vou para o outro,regrido,volto ao mesmo ponto de partida. Outra nuvem branca de pensamentos condensados se forma em minha cabeça. E se as pessoas não fossem excessivamente boas ou más,mas sim tivessem fases? Continuo a indagar,mergulhando em meu mar particular de pensamentos. Ah, se hoje fosse mesmo o fim? E se eu tivesse a chance de corrigir todos os meus erros?
Pois vos digo abertamente: sou feliz do jeito que sou,exatamente,minuciosamente assim. Sei que perfeita nunca fui,nem hei de ser,sou apenas eu mesma,com meus altos e baixos,sim. Se algum dia eu me deparar com um anjo numa rua qualquer,e este convidar-me a corrigir minha vida,eu lhe responderei : "Perdoe-me, seu anjo,receio ter que decepcioná-lo,pois faria minha vida ser igual ao que ela é,da mesma maneira,com todos os meus desacertos e minha típica falta de juízo,uma vez que com eles aprendi,e vou aprendendo até me tornar uma pessoa melhor."
Um conselho que daria a minha pessoa? Simples : sorria mais! Lógico,sorrir mais e mais,porque assim vou escalando os degraus em busca da felicidade. Ah,esta última não vem às pessoas,elas quem a buscam. Então,o que estás esperando? Saia ao sol,pegue algumas flores,aprecie o som exalado pelo mar,viva... Enfim,sorria!

Natália Monte

Developer

A paixão pela escrita sempre foi característica de Natália Monte: alagoana de gênio forte, começou a escrever quando criança, e o envolvimento com as letras só aumentou com o passar dos anos. Escreve o que pensa, o que vê e o que sente. Descreve através desta página a maneira singular com a qual vê o mundo, sua proposta é justamente expor tal universo particular, ou melhor, seu "reino". E como em todo conto infantil os reis são a autoridade máxima, a autora brinca: " Um dia, fui rei!". Rei de suas ideias, aspirações, e do colorido único que só sua imaginação tem.

Um comentário:

  1. Concordo contigo, aliás, o maior sucesso de alguém é conseguir sorrir mesmo quando seu coração está explodindo de dor. (:

    ResponderExcluir