Eu volto

by 21:49 1 comentários
Só quem um dia foi embora,
Sabe a alegria de voltar
Para a casa na qual se mora,
Lugar seu, para chamar de lar

Voltar só para dizer "voltei" ,
Tomar impulso e de tudo fugir,
Sentar na poltrona do rei
E não mais querer partir

Voltar para os afagos exclusivos
De quem lhe tem apreço 
Abraçar o ombro amigo,
Colher os sentimentos frescos

Voltar em boa hora,
Para não mais se ausentar,
Assim como fauna e flora
Constituem um habitat

Voltar para sorrir junto,
E não mais por foto,
Pois não só é um, é conjunto,
Com toda certeza, eu volto. 

Natália Monte

Developer

A paixão pela escrita sempre foi característica de Natália Monte: alagoana de gênio forte, começou a escrever quando criança, e o envolvimento com as letras só aumentou com o passar dos anos. Escreve o que pensa, o que vê e o que sente. Descreve através desta página a maneira singular com a qual vê o mundo, sua proposta é justamente expor tal universo particular, ou melhor, seu "reino". E como em todo conto infantil os reis são a autoridade máxima, a autora brinca: " Um dia, fui rei!". Rei de suas ideias, aspirações, e do colorido único que só sua imaginação tem.

Um comentário:

  1. "Estou de volta pro meu aconchego Trazendo na mala bastante saudade Querendo Um sorriso sincero, um abraço, Para aliviar meu cansaço E toda essa minha vontade..."

    ResponderExcluir